Um encontro com mulheres: liberdade de expressão e internet.

O que você sabe sobre Desinformação? Regras de Uso? Violação de dados na mídia? Quer saber mais sobre? No dia 8 de março de 2021 rolou a live LIBERDADE DE EXPRESSÃO E INTERNET: REDES DE APOIO, DISCURSOS E DESAFIOS, a primeira live do MICA - Mídia, Identidade, Cultura e Arte no Youtube.


Por: Maria Heloisa Fortes


Em homenagem ao dia das mulheres, o MICA convidou um time de comunicadoras para discutir sobre liberdade de expressão e internet, as redes de apoio que se consolidam neste espaço, os discursos e desafios que, não somente as mulheres, mas outros usuários enfrentam.



Estavam presentes, Raquel Baster, Jornalista e educadora popular, associada ao coletivo Intervozes, uma organização que trabalha pela efetivação do direito humano à comunicação no Brasil. E também a doutoranda e mestre em comunicação pela UFMG Thalita Aquino, que atua como designer, ilustradora e diagramadora. Interessa-se principalmente por artes visuais, cinema e estudos sobre corpo e performance. A convidada Fredda Amorin, da coletiva QUEERLOMBOS não pode estar presente por motivos pessoais.


A live começou com uma fala de Raquel, conversando a respeito das questões que envolvem o universo da internet com foco para as mulheres. Fala-se sobre liberdade de expressão no direito à comunicação, trazendo enfoque para a diversidade como um todo, um exercício à democracia e também sobre o direito à informação, as consequências sobre como nós nos expressamos.


Alguns conteúdos apresentados durante o encontro permitiram exemplificar diversas questões, como por exemplo, o MAPA DOS DIREITOS DIGITAIS E ATAQUES | MULHERES DA SOCIEDADE CIVIL (disponível abaixo), criado pelo Intervozes em parceria com a organização Internet sem Fronteiras e com apoio da PADF (Fundação panamericana pelo Desenvolvimento e Artigo 19, a partir de uma discussão de mulheres de várias organizações da sociedade civil sobre a internet e a segurança digital.





Outra pauta demonstrada foi o vídeo “Direitos Digitais = Direitos Reais” que mostra diversas mulheres contando sua experiência durante o uso da internet. A questão da segurança digital nesse vídeo é posicionada diversas vezes pelo modo como as entrevistadas se dirigem ao público, de forma direta e sem rodeios. Também foi disponibilizado Dados Estudantis que complementam a fala de Raquel.


Thalita, por sua vez, discorre sobre o dilema da escolha entre quem tem ou não tem acesso à internet. Pode-se ter muita informação e não saber como lidar com ela. A pergunta que ela faz é “Como regular essa informação?”. Acesso de informação e liberdade é o foco, sem esquecer de abrir o olhar para o gênero e a diversidade.


Estavam presentes também Thamira Bastos como moderadora e Juçara Brittes como comentarista. Este encontro online permitiu o compartilhamento de ideias e percepções a respeito do tema e também uma homenagem à Alessandra Alves, que faleceu recentemente de Covid nesta pandemia.


Caso não tenha conseguido assistir ao vivo, não esqueça de ir lá e ver o que rolou! Você pode assistir e acompanhar tudo o que rolou abaixo:





Posts em destaque
Últimas notícias